Tuesday, 24 April 2012

Dai-me forças!


Minha filha não come. Sério, ela não gosta de comer. Todos os dias é uma luta pra fazer ela comer.

Seu filho gosta de queijo? A Alice não.
Biscoito doce ou salgado? Também não
Seu filho adora um Danoninho? A Alice não.
E um danete de chocolate? (quando eu estou desesperada!) “Nooooooo, mummy!”

Hoje ela resolveu comer.

Café da manha: No playgroup teve aulinha de pintura. Foi eu virar as costas, e a lindinha da mamãe bebeu meio pote de tinta vermelha. Eu quase chorei na frente das outras mães. Voltei pra casa, porque obviamente ela estava coberta, (e eu também) de tinta.

Almoço: De tarde o tempo estava chuvoso, então levei pro Museu aqui perto de casa. Na salinha de atividades de lá, tem vários brinquedos, entre eles, massinha. A Alicinha muito quietinha, olha pra minha cara de boca cheia e com cara de quem “comeu e esta gostando”. Dessa vez foi massinha azul.

Lanche: Voltando pra casa, dentro do carro eu escuto um barulho tipo quando alguém esta mastigando gelo.
       -         ALICE!!!!! Puta que pariu!!!! Cospe!!! O que e’ isso??? (desculpe meu Francês mas preciso desabafar)
Era metade de um lápis de cera que ela roubou do museu.  Nem lembro da cor, nessa altura do campeonato eu já nem estava vendo direito.

O que será que ela esta planejando para o jantar? Deve ser hidratante ou o sabonete na hora do banho.

Eu joguei pedra comida na cruz!




Thursday, 19 April 2012

iKids


Outro dia estava lendo um artigo super interessante no The New York Times sobre toddlers (pirralhos) e iPhones, deixa eu já esclarecer que não sou leitora periódica do NYTimes, alguém postou o artigo no Face e eu li por acaso.

A Alicinha acorda todo dia por volta das 7hs, e eu geralmente vou busca-la no berço e trago para minha cama um pouquinho. Assim que ela chega no meu quarto a primeira coisa que ela pede é o iPhone. O Chris usa o despertador do mobile pra acordar, e o device esta sempre na mesa de cabeceira dele. A gente acaba dando o telefone pra princesa, porque consequentemente ela nos dá em troca 20 minutos pra acordar com calma. Até então tudo bem, o problema é que agora ela pede o iPhone no carro, na hora de comer, na rua, ou em qualquer situação em que ela esteja entediada.

O artigo do jornal, diz que menores de 2 anos de idade não deveriam ter acesso a televisão e muito menos iPhones. Ha ha ha! Minha filha assiste tv desde que nasceu. E atire a primeira pedra que não faz o mesmo. Fácil na teoria, ne'? Lembro eu quando dizia que filho meu não iria assistir tv ou jogar videogame. Ãn-ran... tolinha!

Como tudo nessa vida, é uma questão de moderação e uma certa prudência. O problema é: quanto tempo é muito tempo? Ou em que situação é aceitável brincar com o mobile? Ou invés de um concelho moderado, somos bombardeadas com guidelines irreais e super rigorosas.

O próximo dilema vai ser com que idade eles ganham o primeiro mobile? E adivinha o modelo que a tchutchuquina de mamãe vai pedir?!!! 
Da uma olhadinha no article aqui.

Wednesday, 18 April 2012

Sou só eu ou toda mãe já sabe disso?


Ah não! Esqueci de um detalhe: eu sou loira... quero dizer, Brasileira!

Resolvi que a Dona Alice esta pronta pra nova grande etapa da vida dela: Nursery. Afinal de contas, ela vai fazer 2 anos mês que vem e eu já estou (só um pouquinho) de saco-cheio de levar de um playgroup para o outro.

Fui visitar três nurseries perto de casa e fiquei chocada ao saber que a lista de espera para uma vaga vai de 8 meses a 1 ano e meio. Vale lembrar que a diária que vai da 9 as 16 horas é de no mínimo £55 libras. Ou seja, nursery do governo só se você for mãe solteira e parte de uma ethical minority, né?! Não tem jeito, o negócio é embarrigar de novo o mais rápido possível e me acostumar com a idéia de mais 2 anos (no mínimo) de vida de Amélia.

Tá explicado, né?! É por essas e por outras que a mulherada aqui fica em casa cuidando de filho até a idade escolar. 

Tuesday, 17 April 2012

Ikea or divorce?


Pela quinquagésima vez estou de mudança e como cada casa é uma casa, uma trip pra Ikea e' necessária. O problema e que meu husband ODEIA a Ikea, e como não estou podendo (£££) decorar meu chez na Liberty’s, o problema Ikea volta a reinar absoluto na atual crise matrimonial. Tenho que admitir que toda vez que me desloco ao store mais próximo sempre acabo decepcionada com a qualidade da maioria dos items. 

O marido venceu e me converti ao Gumtree. Na ultima visita a Ikea, a intenção era comprar uma cômoda para o meu quarto. Preço na loja: £139, no Gumtree com 6 meses de uso e 10 min de carro ate' Wimbledon: £50

Ikea – never again! (ou pelo menos, nem tão cedo!)